Tipos de tintas e suas aplicações

29 de Dezembro de 2016
por: Clube das Tintas
Tipos de tintas e suas aplicações

A qualidade de uma pintura está relacionada com uma série de fatores, cujos mais significativos são os tipos de tintas e suas aplicações. Tendo em mente que, para cada tipo de textura há um tipo de tinta adequado, fica bem mais fácil proceder de maneira correta a reforma dos ambientes, pintando-os corretamente.

Veja alguns tipos de tintas e suas aplicações mais comuns e acerte em cheio na hora de pintar e reformar sua casa, empresa, escritório, condomínio e imóveis em geral.

Tipos de tintas e suas aplicações: paredes de alvenaria

paredes de alvenaria

Ao pintar paredes de alvenaria, o indicado é escolher tipos de tintas como tintas látex PVA, tintas látex acrílicas, tintas vinil-acrílicas ou ainda texturas. Esta escolha vai variar de acordo com o gosto pessoal de cada um, bem como de acordo com o efeito e acabamento desejado.

Temos que pensar nas tintas, de acordo com o ambiente, por exemplo, se será uma pintura interna ou externa. Para ambientes internos, por exemplo, pode se optar dentre as nomenclaturas Econômica, Standard e Premium- todas elas referentes a tinta látex, que por sua vez, promovem acabamentos como fosco, acetinado e brilhante.

Já para fachadas e pinturas em ambientes externos, é importante levar em conta que necessita de uma pintura mais reforçada, com tipos de tintas mais resistentes, afinal, o ambiente externo é mais suscetível as ações do tempo, raios de sol, chuva, sujeiras, entre outros detalhes que colaboram para o desgaste da pintura.

Desta forma, prefira tipos de tinta Standard e Premium, pois elas propiciarão uma camada extra de proteção à fachada, e preferencialmente, escolha tintas laváveis.

Há ainda tintas específicas para ambientes mais úmidos, como banheiros, e para imóveis construídos em regiões litorâneas, próprias para tais situações. Leve em conta todos estes fatores antes de comprar tintas para a pintura.

Tipos de tintas e suas aplicações: diferenças entre tintas látex PVA e tintas látex acrílicas

Dentro de segmento de tintas látex, encontramos diferenças. É o caso das tintas látex PVA e tintas látex acrílicas.

O ponto que as diferencia é exatamente a questão da resina. A látex PVA possui em sua composição acetato de polivinila, enquanto a látex acrílica tem como base a resina acrílica.

Tipos de tintas e suas aplicações: portas, janelas e madeiras em geral

portas, janelas e madeiras em geral

 

Já para executar a pintura de madeira, temos outros tipos de tintas e suas aplicações são específicas para tal finalidade.

Antes de tudo, devemos entender que uma das principais necessidades da pintura em madeira, além é claro do fator estético e da decoração de ambientes, é a questão de proteger a madeira, evitando rachaduras por exemplo.

Exatamente por isso, ao pintar janelas, portas e demais locais de madeira em geral, é indicado utilizar vernizes, esmaltes, tintas a óleo stains, por exemplo.

Estes produtos conseguem repelir fungos e a ação degradante da água em suas superfícies, promovendo efetiva proteção à madeira, além de evitar o rápido envelhecimento destas estruturas mencionadas.

No caso da madeira, cabe também a regrinha básica referente aos ambientes internos e externos. Uma porta ou janela externa, por exemplo, vai necessitar de produtos especiais, devido a estarem expostas à ação do sol, maresia e chuva.

Sendo assim, esmaltes da linha Premium, com fator de proteção solar, são indicados para melhores resultados e efetiva proteção da pintura, conservando a porta ou a janela, por muito mais tempo.

Na dúvida entre escolher vernizes, esmaltes, tintas a óleo stains, lembre-se sempre de nortear a opção de acordo com sua predileção, é claro, mas também em relação ao tempo que pretende manter esta pintura, os locais que as madeiras estão inseridas, bem como se a prioridade é a questão estética ou técnica.

Isto porque em muitos casos, a tinta escolhida para exercer maior proteção a material não é aquela mais interessante de acordo com o viés estético.

Leve em conta também que o stain produz um efeito mais natural, voltado ao elemento rústico, com acabamento fosco, enquanto os vernizes já conferem brilho no acabamento, com bastante sofisticação. Por outro lado, tinta óleo e esmalte colorem a madeira e encobrem os veios.

Tipos de tintas e suas aplicações: metais

metais

 

No caso da pintura em metais, há também tipos de tintas específicas para tais finalidades. Na necessidade de pintar grades, janelas, portas, portões e qualquer outro material de metal presente no imóvel, a opção é a tinta a óleo e esmaltes, neste caso, não importando se tratasse de ambiente interior ou exterior.

Tipos de tintas e suas aplicações: tintas epóxi

tintas epóxi

Outro tipo de tinta muito utilizado para ações específicas de pintura é a tinta epóxi. São tintas para pintura interna, que exercem proteção e incrível resistência. É muito usada na pintura de caixas d’água, na parte interna, e também para a pintura de pisos.

Massa corrida: para preparar a pintura

para preparar a pintura

Muitas vezes ao pintar as paredes de um imóvel, por exemplo, nos deparamos com uma série de imperfeições na textura do local. Estas inadequações, por assim dizer, como defeitos no reboco com baixo grau de comprometimento, poderão se corrigir por meio da massa niveladora, ou seja, a popular massa corrida.

Basta aplica-la no local defeituoso, lançando mão das técnicas adequadas, esperar o tempo de secagem de acordo com as instruções de cada fabricante. Depois de seca, deve-se lixar para deixar a superfície lisinha e então, retirar o pó com pano, para evitar que o pó grude na tinta. Feito isso, basta pintar o local da forma desejada.

Agora que você já conhece tudo sobre os diferentes tipos de tintas, que tal dar uma olhada no site do Clube das Tintas e escolher as melhores tintas do mercado e arrasar com a melhor pintura para seus ambientes?