/  Dicas   /  6 Dicas de pintura e combinações de cores

6 Dicas de pintura e combinações de cores

Você sabe qual a maneira mais rápida para iniciar uma reforma e decoração de ambientes em sua residência ou escritório? Certamente, uma das mais simples é aplicar cores que atendam às necessidades de cada cômodo e que dialoguem com seu estilo de vida.

No entanto, é fato que na hora de pintar e combinar cores, muitas pessoas acabam se perdendo ou “errando a mão”, afinal, há muitas opções de cores e infinitas possibilidades de pintura.

Para acertar, é preciso lançar mão das combinações de cores, buscando o alinhamento de cada tom com os efeitos que você pretende imprimir ao ambiente.

Certamente você não chegou até o nosso post à toa, não é mesmo? Com nossas dicas de pintura, não há dúvidas que você conquistará a estética que tanto procura, renovando o imóvel e trazendo muito mais alegria e aconchego ao local.

Basta que você acompanhe a seguir, as dicas de pintura e combinação de cores reveladas por quem mais entende deste assunto: os Doutores em Tintas do Clube das Tintas!

Confira, tome nota e boa pintura (e leitura também)!

O círculo cromático

É bem provável que ao menos uma vez em sua vida, como por exemplo, nas aulas de artes, você já tenha se deparado com o estudo do círculo cromático, não é mesmo?

Pois bem, ele é tido como uma das maiores referências possíveis, no tocante às dicas de pintura e combinação de cores.

Nele temos doze cores que possibilitam variadas composições diferentes.  Se você ainda não sabe o que é o círculo cromático, dê um oi pra ele agora que ele irá surgir:

Ele é formado por pelas cores primárias, ou seja, são 3 cores que servem como base para qualquer outra mistura. Delas derivam as demais cores.

Azul, vermelho e amarelo são as cores primárias.  Quando se somam duas cores primárias, damos origem a uma cor secundária. É o caso das cores:

  • Violeta = Vermelho + Azul;
  • Laranja = Vermelho + Amarelo;
  • Verde = Amarelo + Azul.

Se somarmos as cores primárias com as secundárias, temos as cores terciárias.

Você deve estar se perguntando: “Tenho que ser um especialista em círculo cromático para fazer combinação de cores ao pintar minha casa?”. Na verdade, não.

Antes de tudo, o mais importante é levar em conta a necessidade de sempre que pretender pintar um ambiente, que as combinações sejam usadas com harmonia. Para tanto, ter um conhecimento básico do círculo cromático é importante, para que você faça as melhores escolhas e combinações, de acordo com o ambiente e atmosfera que você pretende imprimir no local.

Afinal, as cores trazem sensações variadas que devem ser utilizadas seguindo a intenção de cada um.

A imagem abaixo, por exemplo, nos dá um claro exemplo de como é possível usar o círculo cromático para as mais diversas combinações de cores, veja:

Tal esquema resume de forma muito fácil, as combinações mais comuns. Aproveite e desfrute!

Atente-se às cores das mobílias

Ao combinar cores, leve em conta também os móveis e acessórios presentes no local. Afinal de contas, o mobiliário deve corresponder à cor da parede.

Portanto, tenha antes de tudo, foco na cor que dominará o ambiente. Use-a como ponto de partida, e busque um esquema de cores que esteja alinhado à harmonia do ambiente.

Use cores complementares

Uma boa alternativa na combinação de cores para seu ambiente, é utilizar as chamadas cores complementares.

São aquelas cores que ficam em frente uma da outra no círculo cromático que falamos no começo deste artigo. Tal combinação pode criar um visual estético mais ousado no ambiente.

No caso de sua intenção for a de promover um aspecto mais sóbrio, carregado de sutileza, procure usar cores análogas. É assim que são denominadas aquelas cores que ficam lado a lado no círculo cromático.

Combinando vermelho

Uma cor que faz vibrar o coração de muitas pessoas, mas que via de regra cria uma série de combinações equivocadas, é o tom vermelho.

Para não errar e combinar de maneira equilibrada este tom, tenha em mente que, se você tem um piso na cor vermelha no ambiente, é como se você também já tivesse por exemplo, tons como rosa, laranja e marrom.

Uma dica para dar um contraste bacana sem pesar a mão, seria lançar tons de verde ou cinza, por exemplo.

Mas, atenção: isso não é uma regra ou uma lei que não pode ser transgredida, é apenas uma sugestão, ok?

Amarelo e cinza

A sala de estar acima, ilustra perfeitamente uma das combinações mais estilosas do momento: cinza e amarelo.

O ambiente ainda tem piso madeira, teto branco, e poltronas com estampas geométricas. O resultado é de extremo bom gosto.

Aposte no violeta

A proposta aqui é apostar em diferentes tons de violeta, apostando na combinação de um tom neutro, como o branco.

Perceba na imagem a seguir, que o violeta das paredes casa bem com o violeta do móvel em destaque. Ele quebra a possível atmosfera monótona que poderia dominar o ambiente.

Viu só como não é complicado fazer as combinações corretas ao pintar as paredes de seu imóvel?

Com estas dicas, tudo ficou mais fácil, não é mesmo?

E então, que tal compartilhar este post em suas redes sociais e facilitar a vida de um montão de gente que está com a mesma dúvida que você?

 

Deixar um Comentário