/  Sem categoria   /  ADEUS PAREDE BRANCA: CONFIRA DICAS DE DECORAÇÃO COM PINTURA

ADEUS PAREDE BRANCA: CONFIRA DICAS DE DECORAÇÃO COM PINTURA

Após a construção ou até mesmo reforma de uma residência ou imóvel, o acabamento é sempre primordial para que o ambiente se torne acolhedor e possa ser habitado, não é mesmo?

Feito o reboco, a decoração assume então lugar de destaque para a conclusão do projeto, e é exatamente nesse momento que a pintura exerce um papel extremamente necessário.

Com a parede rebocada, é bem natural que algumas dúvidas relacionadas à pintura surjam. Afinal, será que pintar, apenas aplicando a tinta na parede rebocada, é o mais indicado?

Ou alguns outros cuidados devem ser levados em conta no processo de pintura? Será que é simples, ou mais complicado?

Pode ser qualquer tipo de tinta para pintar uma parede rebocada ou é preciso uma tinta especial?

Deu para ver que as dúvidas podem ser muitas, e uma puxa outra. Mas, não precisa se preocupar! Iremos lhe ajudar a esclarecer suas questões em pintura, afinal, temos aqui no Clube das Tintas, especialistas no assunto!

No post de hoje, iremos exatamente explicar o que fazer e como pintar paredes rebocadas, para deixar o imóvel com a pintura dos seus sonhos e com um resultado agradável e bem-sucedido, confira!

Parede-rebocada-saiba-como-pintar

Parede rebocada: necessidade de pintá-la vai além da estética

É claro que a pintura é uma forte aliada da estética do ambiente, contribuindo também com os elementos de decoração. No entanto, a necessidade de pintar a parede rebocada vai além desse viés.

O desconforto de circular ou se manter por um longo período de tempo em uma casa com paredes só no reboco, pode desencadear quadros alérgicos, como sinusite e rinite, devido ao pó que o reboco solta.

Em pessoas alérgicas, por exemplo, não é raro o fato de espirros constantes, sem contar com o fato de que a parede, ao não receber a camada protetora de tinta, pode ficar mais suscetível ao mofo, e em alguns casos, até mesmo infiltrações.

Viu como pintar a parede rebocada é uma tarefa de extrema necessidade?

Parede rebocada: preparação da superfície e nivelamento

Quando falamos sobre parede rebocada, em um primeiro momento, pensamos em uma parede que já passou pelo processo de preparação de superfície e nivelamento, não é mesmo?

Porém, há casos onde a parede não está com o reboco novo. Em situações dessa natureza, é preciso fazer a preparação da parede, antes dela receber a pintura.

Paredes com bolhas, imperfeições e reboco soltando, devem ser raspados com o auxílio de uma espátula, e posteriormente, lixadas.

Buracos devem ser cobertos com massa acrílica e após a secagem, lixados, para obter o nivelamento necessário. O uso de uma lâmpada próxima à parede onde foi feita a aplicação da massa corrida, é um truque bem útil, para identificar possíveis imperfeições e corrigi-las. Fica a dica!

Como-pintar-uma-parede-rebocada

Se notar imperfeições na parede rebocada, não deixe de usar a lixa da gramatura necessária (pode ser 60 ou 80), e claro, de utilizar o suporte para folha de lixa, o que irá organizar melhor seu trabalho e o ambiente em geral.

Em paredes externas, que via de regra, são mais rústicas e suscetíveis às ações do tempo ( caso dos muros, por exemplo), a dica é utilizar um selador acrílico para futuramente, preservar melhor a pintura que será feita.

Se há na parede rebocada algum tipo de manchas, mofo, sujeira em geral, lavar com água e detergente neutro é uma ótima solução, e em alguns casos (em especial, mofo), o mais correto é lavar a parede com água sanitária e/ou cloro, diluído com água.

Se a parede rebocada estiver limpa, firme, sem infiltrações, mofo e imperfeições, então ela está no ponto exato para o nosso próximo passo, que é a pintura propriamente dita.

Parede rebocada: ferramentas e tinta

Tenha em mãos, os seguintes materiais para executar a pintura da parede rebocada:

  • Detergente e água sanitária para a limpeza prévia;
  • Luvas;
  • Espátula;
  • Panos e lonas de plástico;
  • Lixa;
  • Escada;
  • Extensor de rolo de pintura;
  • Rolo de pintura;
  • Bandeja de tinta;
  • Desempenadeira;
  • Fita;
  • Tinta.

Antes de iniciar a pintura, forre pisos, móveis e utensílios com a lona de plástico. Use a fita crepe para isolar pontos (cantos, rodapés, etc.), que não deverão receber a tinta.

DICA IMPORTANTE: antes de pintar a parede, procure saber se o reboco não é muito recente. O tempo mínimo para que a pintura tenha um bom resultado é de 30 dias. Antes desse período, o reboco ainda não estará plenamente seco, gerando reações negativas entre o cimento do reboco e a tinta, prejudicando todo o trabalho.

Como-pintar-uma-parede-rebocada

A tinta deve ser de ótima qualidade. A dica de hoje é a CORAL RENDE MUITO, com excelente qualidade e ótima relação custo e benefício.

Basta seguir as recomendações que constam na embalagem do produto, respeitando o tempo de secagem entre as demãos, e certamente o resultado será de acordo com o esperado.

Tempos atrás fizemos um post onde falamos bastante sobre como pintar paredes, basta você clicar aqui e conferir todas nossas dicas e informações.

E antes de partir para a pintura, outra dica que irá ajudar bastante no processo: procure realizar a pintura em períodos do dia que privilegiem a incidência da luz natural nos ambientes.

Atente-se até mesmo à questão da umidade relativa do ar! Isso mesmo! Umidade elevada ou baixa, também influenciam no resultado final da pintura. Para melhores resultados, se possível, realize a pintura quando a umidade estiver equilibrada.

Que tal compartilhar com seus amigos este post e ajuda-los a pintar uma parede rebocada “like a boss”? =)

Deixar um Comentário