/  Dicas   /  Como consertar uma pintura descascada na parede

Como consertar uma pintura descascada na parede


Quantas vezes você não se deparou com aquela pintura descascada na parede e ficou pensando: como eu posso consertar e renovar o visual?

Afinal, cá pra nós, todo mundo quer ficar em um ambiente bonito e bem cuidado, não é verdade?

Seja por não preparar bem a parede antes da pintura, seja por ter usado uma tinta de qualidade duvidosa, ou mesmo devido a ação do tempo, é comum que a parede descasque a pintura.

A boa notícia é que você pode solucionar esse problema de uma forma simples e ágil.

Quer saber como? Então continue lendo o artigo de hoje aqui no blog do Clube das Tintas.

Pintura descascada na parede: por qual motivo isso acontece?

Em boa parte das vezes, um imóvel apresenta a parede descascada ou mesmo mofada e com bolhas, exatamente pelo fato do ambiente ter uma elevada umidade.

Já reparou que isso ocorre geralmente em locais como os banheiros e áreas externas, submetidas à chuva?

Contudo, isso poderia ser evitado se a parede fosse submetida ao correto processo de impermeabilização durante a construção do imóvel.

Há casos em que há ainda a infiltração na parede, seja por uma calha com problemas ou mesmo devido algum cano estourado dentro da parede.

Sendo assim, de nada adianta usar uma tinta impermeável e/ou antimofo, se você não for na raiz do problema. Afinal, a tinta acabará descascando, criando bolhas e mofando.

Em suma, os principais motivos de uma pintura descascar são:

  • Umidade e condensação excessiva
  • Má preparação da superfície
  • Superfície suja
  • Altas temperaturas e luz solar intensa
  • Uso de tinta incompatível com a superfície
  • Muitas camadas diferentes de tinta na mesma superfície
  • Uso de marcas de tinta de baixa qualidade

Portanto, antes de mais nada,  ao pintar uma parede é preciso identificar a causa da umidade e solucioná-la.

Conserte a pintura descascada da parede com as dicas a seguir

Sobretudo para evitar o descascamento, bem como para consertar a pintura da parede que já está descascada, reuni alguma dicas que os nossos Doutores e nossas Doutoras em tintas do Clube das Tintas, forneceram.

Antes de mais nada, tenha em mãos os seguintes itens:

Massa corrida e/ou acrílica

  • Lixas
  • Tinta Látex
  • Espátula de metal
  • Lona plástica
  • Argamassa acrílica
  • Desempenadeira
  • Rolo de pintura
  • Pincel

Confira a seguir os procedimentos necessários:

  • Primeiramente, raspe os pontos que estão descascando com o auxílio de uma espátula;
  • Raspe e depois lixe a superfície que será pintada;
  • Remova todo o pó que a raspagem e lixamento promovem na parede;
  • Feito isso, aplique ao menos uma demão de um produto de fundo preparador de paredes;
  • Quando o fundo preparador estiver seco, aplique massa acrílica ou massa corrida. A massa acrílica é indicada para ambientes internos e externos e a massa corrida em ambientes internos que não sofrem exposição ao vapor e a água.
  • Assim que corrigir as imperfeições da parede com a respectiva massa, espere a secagem total para depois lixar e retirar o pó.

Sua parede agora está pronta para ser pintada . Aplique a primeira camada uniformemente sobre a área preparada. Siga sempre as instruções do fabricante; aplique uma segunda demão se necessário e deixe secar.

Durante a pintura, siga as seguintes dicas:

  • Cubra o piso e móveis com uma lona;
  • Use equipamentos de proteção como óculos, luvas e boné;
  • Passe fita adesiva nos cantos e locais onde você não quer que a tinta respingue (maçanetas, rodapés, etc.).

Falando em pintura, aproveite e confira os posts abaixo. São conteúdos relevantes e cheios de informações que irão te ajudar na tarefa de pintar as paredes:

Descubra aqui como eliminar o Mofo de Paredes e Tetos

Como escolher a cor ideal para a parede?

As cores e suas influências no ambiente

5 mitos e verdades sobre pintura de parede

Qual a melhor tinta lavável para parede?

Dicas extras do Clube das Tintas

Em um dos nossos posts aqui do blog, falamos sobre como lidar com paredes mofadas. Algumas das dicas se aplicam perfeitamente ao conserto da parede com pintura descascando, veja:

  • Em boa parte dos casos, pode ser interessante o uso de um fundo selador, porém, ele deve ser aplicado somente após a secagem da massa corrida;
  • Use um fundo reparador nas paredes de gesso. Ele ajudará na fixação da nova pintura e trará um acabamento de melhor qualidade;
  • Em construções recentes, o ideal para que se execute a pintura é respeitar o tempo de aproximadamente 28 dias, para a melhor secagem do reboco;
  • Para melhor resultado durante a pintura, evite pintar de forma horizontal, procure pintar sempre de cima para baixo.
  • Sempre limpe bem a superfície que será pintada. As tintas não aderem às superfícies sujas. Sujeira, graxa e óleo impedem a adesão da tinta até mesmo no concreto. Se a tinta for aplicada em uma superfície extremamente suja, ela imediatamente começará a borbulhar e inchar, fazendo com que as camadas de tinta caiam. Mesmo que você não veja nada sujo, algo tão imperceptível aos olhos quanto a poeira (como a que sobrou de uma parede de gesso recém-lixada) pode impedir que a tinta grude corretamente.
  • Conheça também a Tinta ‘Chega de Mofo’ da Coral, que já vem pronta para uso e é extremamente eficiente e econômica. Fale com a gente do Clube das Tintas e verifique a disponibilidade do produto conosco. 🙂

Fonte: Clube das Tintas

No artigo de hoje você descobriu como consertar uma pintura descascada na parede. Notou que é necessário, antes de mais nada, identificar a raiz do problema, deixar a parede pronta para a repintura, dentre outras dicas que só o Clube das Tintas traz para você.

Agora, que tal compartilhar o post com seus amigos? Faça circular essas informações de qualidade e ajude outras pessoas. Até a próxima!