/  Paredes   /  Dicas para pintar paredes sem fazer bagunça

Dicas para pintar paredes sem fazer bagunça

Você faz parte do grupo e pessoas que só de pensar em pintar as paredes do imóvel, já imagina o tamanho da bagunça que será feita?

Identificou-se? Então você logo pensa: “É rolo pra um lado, lata de tinta de outro, móveis manchados de tinta, chão melecado, ou seja, um verdadeiro caos!”

Pintar o ambiente, além de trazer aquele aspecto de renovação, tão necessário em um imóvel, seja ele de trabalho quanto de casa, não precisa necessariamente ser tão caótico.

Ao contrário, com nossas dicas para pintar paredes sem fazer bagunça, tampouco sujeira, você poderá executar todas as etapas de pintura de forma tranquila e organizada.

Quer ver como isso é possível? Então acompanhe a seguir,  as dicas dos nossos especialistas, os Doutores em Tintas do Clube das Tintas!

Organize o espaço

Não são raras as histórias de pessoas que, ao pintarem um simples cômodo, mais pareciam ter saído de uma guerra.

É tinta no cabelo, é tombo tropeçando na bandeja de tinta “no caminho”, pó dentro da garganta (ao lixar as paredes), etc.

A primeira dica para pintar as paredes sem fazer bagunça é organizar bem o espaço para otimizar a pintura e reunir todas as ferramentas e produtos necessários para realizar o processo.

Por exemplo, você vai precisar do máximo de amplitude no ambiente para que seus movimentos sejam livres. Se for possível retirar os móveis e objetos do local, melhor.

No entanto, sabemos que isso nem sempre é possível, né?

O importante é sempre, no caso de não poder retirar determinado objeto, protegê-lo ao máximo.

Utensílios como lona, plásticos, fita crepe, jornal, surgem como boas ferramentas nesse sentido. As paredes, em boa parte das vezes, antes de receber a aplicação da tinta, devem ser preparadas.

Afinal, há o desgaste do tempo, que causa aquele efeito de tinta descascando, e até mesmo ranhuras, mofo, etc.

Antes de tudo, se necessário, aplique massa e lixe. No caso de umidade e mofo, pode ser preciso a ajuda extra de um profissional. Não são raros os casos onde a umidade é acarretada por vazamentos nos canos, por exemplo.

Em todas as hipóteses, cubra móveis e pisos, antes mesmo de iniciar a pintura, para assim conservá-los e evitar que se sujem ou estraguem durante a preparação das paredes, certo?

Aplique um primer/selador

Muita gente reclama que a parede “chupa” muita tinta, e que acaba tendo que encher o local de latas, o que gera aquela baguncinha básica, né?

Na verdade, você não precisa deixar as latas no mesmo local de pintura, tampouco gastar horrores com um monte de litros de tinta.

Antes de aplicar a tinta, é de bom tom aplicar um primer, especialmente um produto selador.

Ele fará com que a tinta, quando aplicada, seja absorvida de maneira uniforme. Com isso, a pintura não ficará com falhas e manchada, e você economizará tanto em tinta quanto em grana.

Dessa forma, as chances de sujeira e bagunça dão bem menores, certo?

Inicie a pintura pelos cantinhos

Uma dica super simples, mas que muita gente não leva em conta, é por onde começar a pintura.

Ao iniciar pelos cantos, onde o rolo não alcança, você ganha em organização.  Sabe aquela parte em que o teto se une às paredes? Então, comece por ali.

Para tanto, coloque uma pequena porção de tinta em um vasilhame portátil. No caso da proximidade com o tento, você precisará utilizar uma escada. E claro, um pincel. O tamanho pode ser  8cm, costuma ser o mais indicado para os detalhes.

Faça o mesmo nas partes próximas ao chão, sempre lembrando de passar fita crepe para isolar as partes que não devem ser pintadas, beleza?

Dicas de limpeza durante a pintura de paredes

Há ainda alguns cuidados a se tomar, para que a pintura seja realizada de maneira organizada e limpa.

Por exemplo, imagine que ruim, se de repente, suas mãos ficassem melecadas de tinta, e você porventura fosse cumprimentar alguém? Ou pegar algum tipo de objeto?

Por isso, tenha em mente que é importante utilizar alguns acessórios, caso de luvas, por exemplo.

Além disso, procure:

  • Usar óculos de proteção;
  • Roupas velhas;
  • Ter panos e esponjas para eventuais limpezas em pisos, azulejos, chão, móveis;
  • Usar chapéu/boné;
  • Máscara.

Limpeza dos utensílios

Ao concluir a pintura, reúna todos os acessórios utilizados e lave com água e sabão. Pincel, rolo, bandeja, tudo poderá ser reutilizado em uma próxima oportunidade, desde que você faça a limpeza destes itens, conservando-os para o uso, ok?

Mais dicas de pintura

E claro, há ainda muitas dicas extras sobre pintura de paredes, cores e pintura em geral, confira nos links abaixo:

Como pintar portas internas de branco?

Dicas de tons de verde para pintar parede

6 dicas de cores que combinam com cinza

Dicas para pintar uma parede de pedra

Qual a melhor cor para cada ambiente da casa?

Passo a passo para pintar piso

Efeito esponjado na parede – Aprenda como fazer

Que tal colocar as dicas em prática e nos contar qual foi o resultado? Aproveite e compartilhe este artigo com seus amigos!

Até a próxima postagem, cheia de informações relevantes sobre tintas e pintura!

Deixar um Comentário