/  Efeitos   /  Efeito esponjado na parede – Aprenda como fazer

Efeito esponjado na parede – Aprenda como fazer

Talvez você não saiba, mas o efeito esponjado na parede pode ser a solução ideal para inovar a pintura de seu imóvel.

Quem não gosta de mudar a aparência do escritório, empresa ou residência, com a pintura de paredes? Aquele aconchego e aparência de novo, que as paredes pintadas revelam em cada cômodo, bem como a praticidade fazer uma reforma de um jeito rápido e simples, agradam praticamente a todas as pessoas.

Se você se identificou com esta necessidade, porém, está um tanto cansado (a) de pinturas básicas e tradicionais, mas não está disposto (a) a realizar um serviço complicado, o efeito esponjado na parede é uma ideia sensacional!

Um dos benefícios deste tipo de pintura, é que ao dominar a técnica de efeito esponjado na parede, você poderá ainda aplicá-lo na reforma de móveis e decoração em geral.

Criativo e diferente, o efeito esponjando vem de encontro exatamente à busca das pessoas em criar uma estética fora dos padrões e do tradicional nos ambientes.

Também conhecido como efeito salpicado, você pode aplicar a técnica de pintura esponjada tanto nas paredes internas do imóvel, quanto na fachada, com acabamentos únicos e estilo decorativo personalizado.

A seguir, aprenda como fazer o efeito esponjado na parede, confira dicas para otimizar o processo e veja quais ferramentas e acessórios irão facilitar a pintura dos ambientes.

Efeito esponjado na parede: características

O fator característico do efeito esponjado na parede é permitir uma pintura na parede com uma extensa variação de combinações de cores e tons. Com isso, promove ao cenário, um toque de alegria, delicadeza no acabamento e facilidade de execução.

Quais ferramentas devo utilizar para o efeito esponjado na parede?

Uma dica importante para que sua pintura seja bem-sucedida é contar com os acessórios e ferramentas ideais para a realização do processo de pintura salpicada.

Sendo assim, providencie os seguintes materiais:

  • Tinta, de preferência acrílica à base de água, nas cores de sua preferência, ou tinta látex na cor desejada;
  • Uma esponja redonda texturizada ou até mesmo aquelas de cozinha;
  • Glaze incolor para misturara na tinta;
  • Bandeja para tinta;
  • Um rolo de espuma poliéster;
  • Um pedaço de madeira ou um mexedor próprio para tinta;
  • Trincha e pinceis para efetuar retoques.

Efeito esponjado na parede: passo a passo

Agora você já tem todos itens necessários para aplicar a técnica “faça você mesmo” do efeito salpicado na pintura da parede, certo?

Então bora pintar? Siga o passo a passo e seja feliz:

  • Meça em partes iguais a tinta e o glaze e misture até obter uma textura homogênea;
  • Despeje a mistura na bandeja de tinta;
  • Mergulhe a esponja na tinta, de forma sutil;
  • Faça leves “carimbos” na parede que será decorada;
  • Deixe espaços para preencher com carimbos de outras cores, caso este seja o seu desejo;
  • Espere a secagem total;
  • Durante o hiato pela secagem, limpe os acessórios;
  • Retire todo o excesso de tinta da bandeja e esponja;
  • Lave todas as ferramentas utilizadas com água e sabão;
  • Deixe secar bem;
  • Ao pintar com outras tonalidades, siga os procedimentos anteriores para a aplicação, ou seja: misture o glaze e a tinta da outra cor e continue o processo;
  • Preencha os espaços vazios, carimbando com o outro tom de tinta;
  • Espere secar.

Dicas para que você tenha a melhor experiência com o efeito esponjado na parede

Por mais simples que pareça, e na verdade seja, obter o efeito esponjado na pintura da parede, é importante ter em mente algumas dicas capazes de fazer a diferença.

Quer terminar o processo e olhar pra parede pensando: “nossa, que orgulho do que fiz!”?

Então tome nota das dicas especiais dos nossos especialistas, os Doutores em Tintas do Clube das Tintas:

  • Toda pintura que utilize o glaze, deve levar em conta a correta preparação da superfície onde será aplicada a pintura. Ou seja, a parede precisa estar pronta e previamente pintada com tinta látex, PVC ou acrílica;
  • Sobre o glaze, trata-se de um produto especial que tem alguns aspetos bem característicos. Por exemplo, tem uma aparência licorosa, e a característica de secar de forma mais lenta;
  • É um produto versátil e permite a aplicação em sua forma pura, e também em tom tanto perolado quanto prateado ou dourado. Também pode (e deve) ser ou misturado à tinta à base de água para pigmentá-lo;
  • Para obter o máximo em acabamento, qualidade e rendimento, a mistura do glaze incolor com a tinta deve ser dimensionado corretamente, seja em quantidade, seja em dimensionamento de tons. O mais recomendado é que se utilize uma sequência de cores, seguindo da mais escura para a mais clara;
  • Antes da aplicação na parede, uma sugestão é proceder com um teste. Pode ser tanto num pedacinho da própria parede, ou em uma madeira;
  • Sempre que quiser aplicar as outras cores, ao repetir o processo, o faço somente depois de 24 horas. Dessa forma você garante que a superfície esteja seca e evita borrões e manchas.

E já que falamos sobre um efeito na pintura de paredes, aproveite e confira os links a seguir, com informações relevantes sobre o tema:

Pintura de parede com efeito linho – Aprenda como fazer

Como remover manchas na parede?

Quais os tipos de textura para parede

Qual a diferença entre massa corrida e massa acrílica?

Como pintar paredes que já têm grafiato?

Qual a melhor tinta para ambientes úmidos

E então, pronto (a) pra mudar a pintura da sua parede? Mãos à obra e depois nos conte como foi!

Deixar um Comentário