/  Efeitos   /  Quais os tipos de textura para parede

Quais os tipos de textura para parede

A textura para parede consiste basicamente, na aplicação de massa ou tinta especial para parede. Estes materiais servem para trazer ao ambiente um novo visual, com um toque mais artístico, que simula desde ranhuras, até outros materiais específicos, como madeira e jeans.

Se você enjoou da atual aparência de sua parede, a texturização pode ser uma boa opção para renovar completamente a estética do seu ambiente. Existem diversos tipos de texturização, e grande parte deles oferecem, além de um visual totalmente moderno, proteção contra umidade.

Está pensando em mudar um pouco o aspecto de suas paredes, mas não tem muitas ideias? Venha conhecer quais os tipos de texturas para paredes disponíveis no mercado, e que vão deixar os cômodos da sua casa com outra cara. Confira!

Quais ambientes são propícios para textura?

As texturas de parede são bem versáteis, então podem ser aplicadas tanto em ambientes internos, quanto em externos, além de que não são facilmente afetadas por umidade ou luz solar.

Dessa forma a texturização para parede serve para realizar novas combinações em diferentes ambientes, e até mesmo deixar a fachada da sua casa com um visual repaginado e moderno, sem nenhum tipo de restrição, as texturas e cores a serem utilizadas são adaptáveis a cada gosto pessoal.

Texturização com tinta ou massa corrida?

Texturizar a parede com tinta é um pouco mais fácil do que com massa, será necessário apenas a utilização de um rolo especial, o qual vai contém a textura escolhida, ou escovas e vassouras.

A utilização da massa corrida ou acrílica é para quem quer destacar mais as texturas, e trazer toques marcantes de relevo, pode ser feito com rolos texturizados e espátulas, é importante usar o produto adequado para atividade.

Textura jeans

O segredo do efeito de textura jeans está na cor, o tom de azul escolhido pode depender do seu gosto, mas ele deve ter um detalhe especial, ser fosco.

Após realizar normalmente a pintura da parede na cor desejada, se deve ter uma escova com cerdas ou até mesmo uma vassoura, com o objeto escolhido, será necessário realizar movimentos verticais em toda a extensão da parede, e depois horizontais, até que a pintura fique com o aspecto parecido ao do tecido.

Textura papel de parede

A textura com efeito de papel de parede é simples, como já diz o nome, ela imita o papel de parede, porém, acaba sendo mais resistente e com custo menor.

Para aplicar esta textura, primeiro se deve pintar a parede com uma cor neutra e sólida, após isso, utilizar um rolo com desenhos junto a uma tinta que se destaque da cor de fundo da parede.

Textura com efeito esponja

Essa textura consiste em usar uma esponja qualquer como carimbo. Por cima de uma parede já pintada, a esponja vai marcando levemente todo o local, com uma cor distinta, ou até mesmo da cor da parede.

Nesta texturização pode ser usada diversas cores, mas deve haver uma esponja para cada cor.

Textura grafiato

O grafiato é uma textura clássica de paredes, porém, um tanto quanto mais complicada de se aplicar.

É uma textura que possui um visual de fissuras e relevo, sendo necessário o revestimento adequado, com grânulos de quartzo e cristais minerais. O aspecto dessa textura é alcançado por meio de espátulas, contudo, é necessária muita técnica para obter o resultado esperado.

Textura com efeito de ranhura

Na textura com efeito de ranhura, se utiliza uma espatula de plástico com dentes,  realizando movimentos uniformes na parede, como ondas, meias luas ou básicas listras, o leque de possibilidades aumenta ainda mais, se movimentos distintos forem feitos ao longo da parede.

Textura riscada

O modo que a textura riscada é feita, lembra bastante o método que é utilizado na textura com efeito jeans.

Com a parede ainda úmida de tinta, basta utilizar uma escova ou uma vassoura para dar a textura na parede, os movimentos são todos verticais, e devem ser realizados até o aspecto desejado ser alcançado.

Textura chapiscada

O efeito chapiscado é a melhor opção para aplicar com massa granulada e paredes lisas. A textura é alcançada com auxílio de rolos texturizados, que podem ser achados em diversas variações, com diferentes padrões de textura.

Textura espatulada

Com uma desempenadeira ou espátula é possível conseguir o efeito espatulado, que consiste em fazer diversos movimentos harmônicos com a ferramenta sobre a parede com tinta fresca, os movimentos podem seguir um padrão, ou serem completamente aleatórios.

Como aplicar textura na parede?

Antes de começar é necessário conferir se todos os materiais necessários estão reunidos, são eles:

  • Produto que será utilizado para texturização;
  • Placas de papelão;
  • Rolo de pintura;
  • Espátula;
  • Desempenadeira;
  • Escova com cerdas;

Após separar os materiais essenciais, é importante preparar a parede para receber a textura, caso ela esteja sem muitas danificações, basta lixar levemente, se a parede apresentar desníveis causados por buracos ou bolhas, será necessária a correção antes de lixar.

Depois de lixar a parede, é hora de limpar todo o local, com um pano úmido retirar o excesso de poeira das paredes, e com vassoura e pano retirar a poeira do chão. Após realizar a limpeza, é aconselhável instalar placas de papelão pelo chão, para que não respingue tinta e massa nele.

Caso a técnica de texturização escolhida for utilizando massa, aplique com auxílio de uma desempenadeira e uma espátula, com os movimentos desejados para a textura, se possível com orientações da própria embalagem do produto, ou na loja em que foi adquirido.

Se a textura for com tinta, o trabalho será mais simples, utilizando rolos de pintura, escovas, vassouras, esponjas, ou outros materiais que você ache interessante para fazer a atividade. Após conseguir o resultado esperado, é só esperar por volta de um dia para o produto secar.

E agora, que tal investir nas texturas e deixar suas paredes mais bonitas?

Deixar um Comentário